67 98416 2030 - 3383 0002 Rua Rui Barbosa, 3379 - sala 06
Centro - Campo Grande - MS

HIPNOSE

A hipnose é um fenômeno universal e pode ser encontrada na história da humanidade desde os seus primórdios. As induções hipnóticas são tão antigas quanto a comprovação da existência das civilizações antigas, passando por culturas diferentes em danças, rituais, expressões orais, forças da natureza, todas seguindo e procurando um estado especial de consciência: o transe.

 A maioria dos estudos científicos analisa a hipnose como sendo um estado de transe. Não há ainda uma definição exata do que a hipnose é ou como funciona. Porém, através de escaneamentos cerebrais de sujeitos hipnotizados, foi observada uma diminuição geral da atividade cerebral, principalmente aquela responsável por julgamentos (fator crítico), enquanto há aumento da atividade responsável pela concentração.

O interessante é que essas observações se encaixam perfeitamente com a definição de Dave Elman, para a hipnose: “atravessar o fator crítico e estabelecer um pensamento exclusivo”.

O fator crítico é a parte da mente que decide se algo faz sentido ou não, se é certo ou errado, que busca a lógica das coisas. A segunda parte da definição cita “um pensamento exclusivo”, que é o foco em apenas uma ideia, a atenção focada em uma única coisa. Por essa definição, em nenhum momento é necessário relaxamento ou transe para que exista a hipnose, como é comumente associado. Porém usamos o transe como aliado, para facilitar o processo.

A hipnose é algo natural que acontece com todas as pessoas. O exemplo mais clássico desse fenômeno é a paixão. Quando o sujeito está apaixonado, ele sente emoções fortes pela outra pessoa, independentemente do que sua razão diga, ou mesmo que ache que não deva gostar da outra pessoa, as emoções estão ali, fazendo com que ache aquela pessoa mais bonita e a mais interessante que exista.

As regras da mente

A mente, como todas as coisas, funciona sob regras específicas. Hipnoterapeutas, após muitas observações, chegaram a alguns princípios sobre isso. São eles: 

  • Todo pensamento ou ideia causa uma reação física.
  • O que a mente espera acontecer, tende a acontecer.
  • A imaginação é mais poderosa do que conhecimento, quando se lida com a mente.
  • Cada sugestão aceita diminui a resistência para a sugestão seguinte.
  • Quanto maior o esforço consciente, menor a resposta subconsciente.
  • Assim que uma ideia é aceita pelo subconsciente, ela se mantém até que outra ideia a substitua.

Além disso, quando o fator crítico escuta uma sugestão, para determinar se a deixará passar para níveis mais profundos da mente, é como se tomasse alguma das 4 atitudes:

  1. Gostar da sugestão e saber que funcionará.
  2. Ser neutro e não se importar com o que acontecerá.
  3. Achar que é desconfortável, ou que é contra as crenças morais.
  4. Gostar da sugestão e torcer que funcione.

A mentalidade ideal do sujeito para a hipnose acontecer deve ser a primeira ou no máximo a segunda opção. O problema da última opção é a mente consciente tentar ajudar no processo, por querer muito que funcione, assim, se a mente consciente está participando, o fator crítico não pode ser atravessado.

Quer passar por um processo de limpeza de emoções negativas com hipnose? Agende sua consulta.

  

Dúvidas Frequentes

  • Próximos cursos -

Quero mais informações

Quero receber o retorno por:

E-mail

contato@mentesaudavel.com.br

Telefone

67 3383 0002 - 98416 2030

Endereço

Rua Rui Barbosa, 3379 - sala 06 - Centro.