67 98416 2030 - 3349 3419 Rua Rui Barbosa, 3379 - sala 06
Centro - Campo Grande - MS

ANSIEDADE, DEPRESSÃO, PÂNICO – MENTE SAUDÁVEL

Comportamentos que nos fazem perder o centro e ficarmos à deriva de sensações e emoções limitantes.

ANSIEDADE 
 

O que é ansiedade?
 

Primeiramente podemos dizer que a ansiedade é um sentimento de apreensão ou medo, gerado pela antecipação de uma situação desagradável ou perigosa.

A sensação de ansiedade, normalmente vem acompanhada por sintomas de tensão, em que o foco de perigo antecipado pode ser interno ou externo.

Sem dúvida, o estado de ansiedade é provocado por motivos de natureza biológica e psicológica. Isso nos faz pensar que não haja somente um único fator que a desencadeie. ​ 

Ela é considerada, até certo ponto, uma reação natural do ser humano e que é útil em determinadas situações, na medida certa.

Sendo assim, ela serve também para a pessoa se adaptar e reagir diante de situações de medo ou expectativa​.

E podemos dizer que ela se torna patológica quando atinge um nível extremo, com características sistêmicas e generalizadas, quando começa atrapalhar o funcionamento normal da vida da pessoa.
 

Sinais de que você pode ter excesso de ansiedade
 

Aqui destacamos alguns indicadores de que você pode se servir, para detectar se tem ansiedade em excesso. São eles: preocupação excessiva, noites mal dormidas, medos irracionais, medo de se expor em público, pânico, ser perfeccionista, ter comportamentos compulsivos, e outros.
 

Sintomas físicos da ansiedade
 

Alguns sintomas físicos de ansiedade incluem: fadiga, insônia, falta de ar, ou sensação de sufoco, comer demais, comprar demais, beber demais, sensação de desmaio, dores ou aperto no peito e palpitações do coração, arrepios, suores, frio, mãos úmidas, boca seca, falar muito rápido, tremores incontroláveis, tensão muscular, dores, descontrole ao defecar ou urinar, refluxo, sensação de ter um "nó" na garganta, tontura ou vertigem, enjoo e vômitos, sensação de desmaio, respiração ofegante, diarreia, roer as unhas, irritabilidade e fadiga fácil.
 

DEPRESSÃO

O que é a depressão?
 

Em primeiro lugar podemos dizer que a depressão é um distúrbio que acompanha a humanidade ao longo de sua história.

Em termos patológicos, há presença de tristeza profunda, pessimismo, baixa autoestima, falta de interesse em atividades, ausência de ânimo, oscilações de humor, alterações no sono, baixo nível de energia, que aparecem com frequência e podem combinar-se entre si.

Até tentativas de suicídio acontecem. O tratamento normalmente inclui medicamentos, psicoterapia, ou a combinação dos dois, que podem ajudar a normalizar a saúde da pessoa.
 

Principais causas da depressão
 

Entre estas causas podemos elencar: doenças crônicas, traumas, eventos estressantes, neurotransmissores alterados, medicamentos para emagrecer e os derivados de anfetamina, abuso de drogas lícitas e ilícitas.
 

Sintomas da depressão
 

Dentre eles notamos: ideias frequentes de culpa, sensação de inutilidade ou falta de sentido na vida, diminuição do desempenho sexual e da libido, pessimismo, humor depressivo, angústia, desânimo, falta de motivação, desinteresse, sentimentos de insegurança, desespero, desejo de morrer, esquecimento, raciocínio lento, perda ou aumento do peso, falta de concentração, dormir demais, insônia, tensão na nuca e nos ombros, dor de cabeça, entre outros.
 

Alguns hábitos que podem piorar o quadro depressivo
 

Neste momento abordamos hábitos que podem acentuar a depressão. São eles: abandono do tratamento, sedentarismo, linguagem e pensamentos negativos, automedicação com antidepressivos e ansiolíticos, compulsão por álcool, uso de drogas, isolamento social, entre outros.
 

Como tratar a depressão?
 

Temos aqui algumas atitudes que ajudam a tratar esta doença, como: visitar o psiquiatra e se comprometer com um tratamento com psicoterapia, desenvolver atividades divertidas, fugir do álcool e das drogas, praticar exercícios físicos, manter seus compromissos em dia, aprender a dormir bem à noite, valorizar as pequenas conquistas, e outros.
 

PÂNICO
 

O que é a chamada síndrome de pânico?
 

De antemão podemos dizer que é um tipo de transtorno onde ocorrem crises de desespero e medo grande de que algo ruim aconteça, embora não haja motivo para isso, ou sinais de perigo próximo.

Quem sofre desse transtorno de pânico, passa por crises de medo acentuado, constantemente, e de forma inesperada.

Além disso, estas crises vêm acompanhadas de preocupação constante, com a possibilidade de ter novos ataques (medo de ter medo) e com as consequências desses ataques. Isto vai dificultando as atividades do dia a dia, gerando o medo de perder o controle, medo de enlouquecer ou ter um ataque no coração.

 

Muitas vezes, durante um ataque de pânico, a pessoa se sente impotente e fora de controle. Quando a parte emocional é dominada pelo medo, a confiança fica abalada e o perigo que a pessoa teme se torna interno. Sua estrutura psíquica fica vulnerável. É aí que a crise tem origem.

A incerteza de ser capaz de lidar com as sensações abala sua confiança interior e isso alimenta o medo. Instala-se a crise de confiança no seu corpo e isso debilita a capacidade da sua mente de lidar com a situação. O interessante é que, muitas vezes, esta crise não aniquila a coragem.

Todavia, se a pessoa vencer o problema de ansiedade generalizada, que causa o pânico, ela desenvolve uma força interior que a faz se tornar alguém maior do que ela já é.
 

Como vencer o pânico?
 

Primeiramente, compreenda que não está sob qualquer ameaça. Depois, reaja com a confiança de que vai processar positivamente a ansiedade rapidamente. Em seguida, use a respiração consciente e esvazie a sua mente dos pensamentos negativos. Na sequência, acredite que você está completamente seguro (a) onde você está e deixe esta sensação de desconforto ir embora.

Dando prosseguimento, você pode mudar sua postura, ou fazer uma automassagem, para desfazer a tensão. E por fim, use toda a adrenalina gerada nestes momentos, para converter esta situação em benefício, mudando seus pensamentos de negativos para positivos. O pensamento é a origem de tudo. Use esta estratégia.

Precisa ter resultados mais rápidos e consistentes? Contrate um processo terapêutico.

Dúvidas Frequentes

  • Próximos cursos -

Quero mais informações

Quero receber o retorno por:

E-mail

contato@mentesaudavel.com.br

Telefone

67 3349 3419 - 98416 2030

Endereço

Rua Rui Barbosa, 3379 - sala 06 - Centro.